A BOL usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao fechar esta mensagem aceita a nossa política de cookies. SaberMais/ Fechar
Distrito Sala
Detalhe Evento
JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO

JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO

Teatro & Arte | Teatro

Cine Teatro de Estarreja

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 14 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2017
dez
02

Sessão

02 dez 2017 21:30
Dias
Hrs
Min
Seg

Duração

95 minutos

Promotor

Câmara Municipal de Estarreja

Breve Introdução

Derrotados, sim, abandonados, sem hipótese, deixados para trás, com a electricidade cortada e contas por pagar, vencidos: mas estes são os invencíveis, esses sonhadores que Tennessee Williams cantou.
Jorge Silva Melo

Sinopse

"TOM Hoje em dia o mundo é atravessado por relâmpagos que o iluminam! Apaga as velas, Laura - e adeus..."
Jardim Zoológico de Vidro, Tennessee Williams

Jardim zoológico de vidro foi o primeiro êxito de Tennessee Williams na Broadway. Trata-se de uma peça exemplar, sobretudo quando se pretende ficar a conhecer o modo como o autor traduz as disfunções da sociedade por meio de crises pessoais e familiares. Descreve-se a história de Amanda, mãe de Tom e Laura, abandonada pelo marido e empenhada em encontrar um pretendente para a filha aleijada. Tom, por sua vez, é o sustento da mãe e da irmã, mas nos tempos livres escreve poemas nas tampas das caixas de sapatos que vende. À sua maneira, todos perseguem uma vida à medida dos seus sonhos.

A peça passa-se num momento de mudança, mudança no mundo privado das personagens mas também no mundo público, como se repercutisse esta dor privada. Tal como nos diz Tom "Um casamento destruído pelo álcool, a ausência de filhos, mistérios e mentiras. Heranças, valores, filhos, sexo. E a doença, a morte. O que é a propriedade privada?". É um discurso que faz mais do que situar a peça, dá o contexto para o que, por contraste, deve parecer um drama menor. É um convite para ler os acontecimentos ironicamente e para ver no desejo de viver com ficções reconfortantes, em vez de enfrentar verdades brutais, uma estratégia condenada e, no limite, mortal. Pois, tal como Tom indica no mesmo discurso, quaisquer consolações ou distracções que existam - música swing, bebida, filmes, sexo, jardins zoológicos de cristal (este último sugerido pela referência de Tom a um lustre) - inundam o mundo com arco-íris que ele caracteriza como "breves" e "ilusório".

Ficha Artística

Tradução José Miguel Silva
Com Isabel Muñoz Cardoso, João Pedro Mamede, Guilherme Gomes e Vânia Rodrigues Cenário
Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos
Som André Pires
Coordenação Técnica João Chicó
Assistência de Encenação António Simão
Encenação Jorge Silva Melo

Informações Adicionais

Mais informação em: www.cineteatroestarreja.com

Preços

  • 1ª Plateia - 5€
  • 2ª Plateia - 5€

Transportes Públicos

Comboio, Autocarro

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda: